Biscoito mineiro: a simplicidade e o sabor do polvilho

A delícia de ser mineiro é que a hora do cafézim é sagrada.

Uma mesa posta, com bolo, broa, pão de queijo e aquele biscoitinho de polvilho sequinho e crocante… eita trem bão… não há quem resista.

A propósito, o biscoito de polvilho em Minas é tradição e tem sabor diferenciado. Não dá para explicar, só comendo mesmo para entender. É saboroso, não é “oco” por dentro e tem consistência.

Chegar na casa de um parente, da avó principalmente, e encontrar a mesa do café pronta é o momento perfeito para nos reconectarmos com a nossa história. E uma coisa é certa: o biscoito de polvilho caseiro não falta.

O Alex, que nasceu na cidade de Raul Soares – interior de Minas, é o típico mineiro quieto com fala mansa. Ele tem uma receita de biscoito de polvilho que dispensa comentários. Morou por 12 anos em Curitiba e adivinha o que fazia sucesso entre os amigos de lá? O delicioso, sequinho e crocante biscoito de polvilho.

A receita dele é com biscoito frito, mas fica leve, parece até assado. Espia só como se faz!

Biscoito de Polvilho

Ingredientes

500 gramas de polvilho doce

½ copo americano de óleo

1 copo e ½ de água

1 colher de sal

2 ovos inteiros

Modo de Preparo

Em uma panela ferva o óleo, a água e o sal. Em seguida, escalde o polvilho com essa mistura quente e mexa até amornar. Acrescente os ovos e sove com as mãos até a massa ficar homogênea.

Enrole no formato desejado e frite no óleo morno, para não estourar.

Pronto! Agora é só aproveitar essa delícia com uma xícara de Café Barão®.

CONFIRA OUTRAS RECEITAS